<$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, outubro 03, 2007

OLHARES|"Fab Fight" - Umpletrue


"...and I'm feeling so exciting"; ouve-se no início do single "N.Y.". Ouve-se e ouve-se muito bem.
O disco, esse, chama-se "Fab Fight" e marca a estreia - já aguardada - dos Umpletrue em registos mais longos. Depois, ainda no mesmo "N.Y.", ouve-se insistentemente um "let's start a revolution". Não seria tão arrojado, é certo, no entanto e partindo daquela ideia que tanto se defende por aqui, de que nunca são de mais os exemplos pop, daqueles capazes de ser mesmo pop, tenho para mim que "Fab Fight" é uma revolução ganha. Num sentido restrito, obviamente, mas uma revolução bem ganha, assente num disco feliz.
Nascidos em 2003, na Marinha Grande e depois de espalharem som, livremente, pela plastic4records e lançarem os EP "Pills" e "Fab Fight" - mais reduzido, o grupo de Carlos Martins (voz e programações), José Carlos Duarte (bateria) e Tiago Granja (guitarra e laptop) tem no novo disco um exercício de liberdade, um experiência fortemente electrónica, uma ideia de exploração - sempre pop.
O mais interessante - sim, pode bem sê-lo, é o facto de mesmo confrontados com algumas fórmulas já conhecidas, estas serem capazes de nos surpreender, facilmente. Também não é uma relíquia, é o prazer que emana, naturalmente, a boa disposição que deixa transparecer, que torna "Fab Fight" um disco feliz. Apenas feliz.
Quando a música contribui para um efectivo bem estar; sem serem especialmente inovadores, a electrónica do agora trio (com a entrada de Tiago Granja) é uma lufada de ar fresco para a pop nacional. E se a pop nacional precisa destas lufadas...

som Ouvir alguns sons de "Fab Fight".

capa de Fab Fight
"Fab Fight" - Umpletrue (Cobra, 2007)

01 N.Y.
02 7 Days
03 Night Club Dance
04 Pink Eyes
05 Fab Fight
06 Such a Good Deep
07 Sweet
08 Something
09 Budapest in T

tipo Electrónica/Pop
sítio umpletrue.plastic4records.com

Etiquetas: ,

ARQUIVO

This page is powered by Blogger. Isn't yours?