Avançar para o conteúdo principal

OLHARES|"Alzheimer" - Alzheimer



"Tudo começou numa bela passagem de ano festejada na praia…o escuro, a areia, o som do mar, a inspiração surgiu naturalmente e resultou num acústico que nos deixou com sede de mais (1)."

Alzheimer é parte dessa sede, já saciada. Mas é também a secura de um projecto lisboeta de rock instrumental, de uma pujança sónica nascida de um powertrio composto por João Lajoso (baixo), João "Kintas" Quintaneiro (bateria) e Tiago Eira (guitarra).
O álbum, composto por 15 temas divididos em duas partes - "Ideação Paranoide" e "Beta - Amiloide", é uma experiência nascida da crueza da guitarra, bem amparada pelo baixo e pela bateria. Gravado num só take, este registo é já um interessante argumento de rock alternativo, experimental, daquele que nasce de uma guitarra a esvair-se, enquanto as coisas do ritmo a tentam aconchegar.
Se em "Ideação Paranoide" a vontade é de rasgar, arrancar a todo o gás por aí, despertando as mais fortes sensações, já em "Beta - Amiloide", a oferta é mais comedida. Ao contrário da primeira parte, com temas mais longos, fortes, sujos e mastigados, a segunda é nitidamente mais rápida, às vezes desinspirada e com instrumentais algo desgarrados - como os primeiros passos. No fim, "Ideação Paranoide", sem dúvida...
A edição é da nova editora Other Newest Records.

som Fazer o download gratuito de "Alzheimer".

capa de Alzheimer
"Alzheimer" - Alzheimer (Other Newest Records, 2007)

Ideação Paranoide
01 Noite
02 Rascunho
03 Casa
04 Nevoeiro
05 Instante Lunar
06 Vida Fetiche
07 Trifasic Stone
08 Estrada
09 Pp4e

Beta - Amiloide
10 Hot
11 There Was a Time (FLC Cover)
12 Kazoolout
13 (sem nome)
14 Riders from Zion
15 Jah Love

tipo Rock/Alternativa/Experimental
sítio www.myspace.com/alzheimer1
sítio www.othernewestrecords.com

Mensagens populares deste blogue

AUDIÇÕESBrilhante Pop 2003
São 3 discos pop, mais à esquerda, mais à direita, mais ao centro, trazem ao microfone 3 excelentes vozes femininas:
"Le Jeu" - Balla (2003/Music Mob/58)

Um disco irresistível.
Fantástica a voz sensual de Sylvie C em mais um lúcido disco de Armando Teixeira, melódico, marcado por ambientes voluptuosos, por uma pop interior, estética e poética.
Imageticamente irresistível, qual bandeira gaulesa a flutuar. Depois de um prometedor e excelente primeiro álbum, "Balla", Armando Teixeira voltou a surpreender as massas melómanas em 2003, com um disco cheio de charme e personalidade, sustentado pelo rigor da electrónica em doses incrivelmente equilibradoras do resultado final. Intemporal.
A elegância proporcionada por este "Le Jeu" é verdadeiramente assombrosa, quer se reine por ambientes pop mais jazzy quer se rume em direcção à "chanson française", este disco atinge o auge principalmente na voz de Sylvie C.
De uma simplicidade rumo…
SÍTIO DA QUINZENAFórum Sons
Não é novidade, mas o Fórum Sons é há muito local de encontro de melómanos lusos. É um fórum como qualquer outro, tem é a vantagem de ser frequentado por muita e boa gente.
Grande fórum!

Sítio: www.forumsons.com

AVISOS À NAVEGAÇÃO|...

ACTUALIZAÇÃO:

Bem, talvez noutro local...

------>

E se vos dissesse que amanhã o http://atrompa.blogspot.com já não terá movimento; e depois de amanhã também não; e depois, depois de amanhã também não; enfim, talvez nunca mais?

Pior, hoje não vai haver muito mais do que isto!