Avançar para o conteúdo principal

100 PALAVRAS & MAIS ALGUMAS|Especial Anos 60


"No Princípio era o 'yé-yé'", afirma Aristides Duarte numa das primeiras páginas do seu recente livro "Memórias do Rock Português" (pág.13)...pois era!
Recuemos então umas décadas e regressemos ao tempo dos conjuntos. Não sendo porventura um dos períodos mais excitantes da história da música portuguesa, o início da década de 60 teve ainda assim os seus momentos - geralmente momentos yé-yé. Na verdade, momentos que ajudaram também eles a fazer a curta história da pop portuguesa - período pouco criativo, marcado por alguma colagem aos modelos internacionais vigentes e ideologicamente bastante aninhado. Com algumas edições no catálogo da época, estas podem ser hoje facilmente ouvidas em recentes compilações como a "Biografia do Pop/Rock" (Movieplay, 1997) ou "Os Reis do Ritmo" (EMI, 2003).
Na rede, no MySpace, podem ser ouvidos temas de Os Morgans, do Conjunto Académico João Paulo, do Quinteto Académico e de Os Tártaros.
Momentos de uma história que logo no final dessa década começaria a ganhar contornos de outra índole com grupos como os Quarteto 1111 e os Filarmónica Fraude.
Serão sempre boas recordações..

Especial Anos 60 é AQUI.


Mensagens populares deste blogue

AUDIÇÕESBrilhante Pop 2003
São 3 discos pop, mais à esquerda, mais à direita, mais ao centro, trazem ao microfone 3 excelentes vozes femininas:
"Le Jeu" - Balla (2003/Music Mob/58)

Um disco irresistível.
Fantástica a voz sensual de Sylvie C em mais um lúcido disco de Armando Teixeira, melódico, marcado por ambientes voluptuosos, por uma pop interior, estética e poética.
Imageticamente irresistível, qual bandeira gaulesa a flutuar. Depois de um prometedor e excelente primeiro álbum, "Balla", Armando Teixeira voltou a surpreender as massas melómanas em 2003, com um disco cheio de charme e personalidade, sustentado pelo rigor da electrónica em doses incrivelmente equilibradoras do resultado final. Intemporal.
A elegância proporcionada por este "Le Jeu" é verdadeiramente assombrosa, quer se reine por ambientes pop mais jazzy quer se rume em direcção à "chanson française", este disco atinge o auge principalmente na voz de Sylvie C.
De uma simplicidade rumo…

SECÇÃO MP3|"Sansão Foi Enganado" - Bunnyranch

"Sansão Foi Enganado", agora pelos Bunnyranch...mais de 40 anos depois!
Já por aqui se falou em "Sansão Foi Enganado" de Zeca do Rock, conhecido por ter sido o primeiro yeah gravado da música portuguesa, lembram-se? Muito bem, Henrique Amaro convidou os Bunnyranch a recriar o tema e estes, aceitaram.
O resultado? É rock'n'roll pois então.
É mesmo o grande destaque de hoje!

Download deste momento único: "Sansão Foi Enganado" pelos Bunnyranch.


Rock'n'Roll
www.myspace.com/bunnyranchspace

MYSPACE SONS|Qwentin+The Firstborn+Vespa

São três propostas tão diferentes quão interessantes...
> Qwentin



Não é apenas um projecto musical. Apresentado há dias o seu espectáculo de música, vídeo e performance teatral, “Homem-Tudo” (envolvendo um grupo alargado de pessoas), Qwentin configuram-se efectivamente como uma grande surpresa. Surpresa? Não tanto assim, pensando bem, há algum tempo que o nome da banda vai sendo referenciado por alguns cantos. Com vários temas on-line, é possível absorver desde já toda a energia, arte e originalidade que o grupo do Cartaxo tem para nos oferecer.
Eminentemente teatral, eminente prazer...outra forma de um rock alternativo, a experimentar, absolutamente. Ouvir. Aqui há ainda mais.

> The Firstborn



Surpreendente. Indubitavelmente um dos melhores álbuns do metal luso em 2005, “The Unclenching of Fists” é uma experiência abismal, quase religiosa - de conceito baseado no livro tibetano “Book of the Dead”. Muito para além da experiência musical extrema que é, “The Unclenching of Fists” é pos…