Avançar para o conteúdo principal

EM SÍNTESE|"Insistir no Zero" - Rizoma



Sem complexos, os Rizoma levam-nos a "Insistir no Zero".
Agora que os Toranja se encontram em banho-maria, Ricardo Frutuoso - voz e guitarra, Dodi - baixo - e Pedro Lima - bateria, decidiram-se a levar em diante um novo projecto pop-rock de expressão portuguesa - Filipe Valentim (teclados) e Fred (bateria) deram uma ajuda.
Composto por 13 canções, "Insisitr no Zero" é uma boa surpresa; não é o disco revolucionário que meio país procura por detrás de cada novidade, é antes um disco feito com sinceridade. Centrado igualmente na mensagem, na capacidade de expressar ideias, o som dos Rizoma viaja com liberdade por um largo espectro estilístico; nunca largando uma certa ideia de ser pop-rock. Do mais pop ao mais alternativo e não caindo no goto à primeira, "Insistir no zero" é merecedor de uma atenta segunda audição - terceira, quarta, quinta. É importante repetir. Marcado por alguma espontaneidade, o disco de estreia dos Rizoma é um registo sonoramente descomprometido, simples mas globalmente consistente. Não parecendo definitivo, é já um interessante arranque...
O disco foi lançado em edição de autor - com o apoio da Raging Planet - e tem distribuição da Compact Records.

som Ouvir o tema "Roma".

capa de Insistir no Zero
"Insistir no Zero" - Rizoma (Edição de Autor, 2007)

tipo Rock
sítio www.compactrecords.com
sítio www.ragingplanet.web.pt

Mensagens populares deste blogue

-Crítica- "No Body Needed" - In Her Space Não é um disco fácil. Como qualquer obra artística ou se gosta ou não, sendo por vezes ambos os pólos bem defensáveis. Esse é o caso deste "No Body Needed". Há melancolia, há tristeza, há um arrastar de tudo, da voz, da música, dos temas, do tempo, chegando a parecer que o disco nunca mais acaba. Isto é mau? depende! Não é um disco fácil, transpira referências, referência diria eu, mas não é, igualmente, um disco que nos deixe indiferentes, há qualquer coisa a brotar. A falta de energia chega realmente a ser enervante mas é um disco que cria uma ambiência interessante, calmante, expectante, enervante eu sei. Algum experimentalismo traz-lhe por vezes alguma vitalidade. Como qualquer obra artística nem sempre temos todas as respostas, nem sempre se sabe porque se gosta ou não de algo, e aqui, com os In Her Space, passa-se algo idêntico. Por vezes é um disco aborrecido, mas por outro lado tem momentos fortes, belos, mo

AVISO À NAVEGAÇÃO|Comunidade Tromp@genda

A comunidade tromp@genda nasceu...ou está para nascer! Com este recurso é possível a qualquer visitante deste blog inserir os concertos de artistas ou bandas nacionais a que pertence ou gosta. Se já tiverem uma conta Gmail, basta que enviem o endereço para blogatrompa@gmail.com a solicitá-lo para que se possa proceder à activação da mesma; brevemente terão acesso à tromp@genda a partir da vossa conta Gmail. Quem não tem conta Gmail (nem faz questão), pode entrar directamente através da conta de e-mail da tromp@genda (aqui disponibilizada). Feito o login no Gmail (num ou noutro caso), terão acesso à tromp@genda clicando em 'Calendário', campo visível no canto superior esquerdo do vosso monitor. Depois, é só introduzir o evento... Participem; encontram a tromp@genda no fim do blog...

VIDEOCLIP|"In the Land of the Blind" - BlackSunrise

Chama-se "In the Land of the Blind" e pertence a "Engulf the World in Frozen Flames" (Raging Planet, 2007), último álbum dos excelentes BlackSunrise. Poderoso. Ouvir os novos sons de "Engulf the World in Frozen Flames" . Metal www.blacksunriseband.com blacksunrise@mail.com